A VOZ DO CAMPO NO BEIRA RIO

A VOZ DO CAMPO NO BEIRA RIO

terça-feira, 28 de outubro de 2014

A VOZ DO CAMPO UNINDO A CLASSE PRODUTORA RURAL

Marketing Pressão e Lobby

No último sábado, 25 na Farm Show em Dom Pedrito tivemos a adesão ao projeto inovador de comunicação, A Voz do Campo das produtoras rurais, Isadora Pötter da Estância Guatambu e Guatambu Vinhos e Patricia Wolf da Wolf Genética.
A Voz do Campo, cumprindo com seu papel de unir a classe produtora de alimentos.

               Patricia Wolf da Wolf Genética e Isadora Pötter da Estância Guatambu, produtoras rurais que aderiram ao projeto inovador de comunicação no agro 


segunda-feira, 27 de outubro de 2014

O QUE DIZEM POR AÍ SOBRE A VOZ DO CAMPO

Liderança de credibilidade
"Não tinha programa do agronegócio, mas agora, graças a Deus tem A Voz do Campo"
Jose Roberto Pires Weber Presidente do Sindicato Rural de Sindicato Rural Dom Pedrito


ATALIBA DE LIMA LOPES

Palavras sábias
"Aconselho a todos, a ouvirem o Programa A Voz do Campo, aliás de alta qualidade, que não conheci até hoje"
Ataliba de Lima Lopes - Santiaguense, empresário, escritor e radialista reconhecido no RS


sábado, 25 de outubro de 2014

A VOZ DO CAMPO NA FARM SHOW EM DOM PEDRITO

         Além das potencialidades de Dom Pedrito e região,  outros assuntos como representatividade no agronegócio, política e o atual momento do setor estiveram em debate no Programa A Voz do Campo, neste sábado, 25 na 81ª Farm Show em Dom Pedrito na região da Campanha do RS.
           José Roberto Pires Weber Presidente do Sindicato Rural de Dom Pedrito, destacou a importância da Voz do Campo para o setor primário. "Não havia programa do agronegócio, mas ainda bem, graças a Deus que surgiu A Voz do Campo" afirmou Weber.
           Participaram do programa, além de  José Roberto Weber, Isadora Pötter produtora rural da Estância Guatambu  tradicional da pecuária gaúcha e Guatambu Vinhos que preside a Comissão Jovem do Sindicato Rural de Dom Pedrito, Patricia Wolf da Wolf Genética  (empresa rural de alto nível na pecuária), Kiko Padoim produtor rural e empresário e  Douglas Peralta jovem vereador de Dom Pedrito e Jorge Vogel também vereador e radialista.
            A Voz do Campo, todo sábado, das 8 as 10 da manhã com Marcelo Brum, a maior rede de rádios do agro.
Kiko Padoim (à esq) produtor rural e empresário e Marcelo Brum comunicador da Voz do Campo

           Patricia Wolf (à esq) e Isadora Pötter  produtoras rurais de Dom Pedrito

                     Jose Roberto Pires Weber Presidente do Sindicato Rural de Dom Pedrito


  Douglas Peralta (à esq) e Jorge Vogel ambos vereadores de Dom Pedrito

               Patricia Wolf e Isadora Pötter aderiram ao projeto inovador de comunicação

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

AGROSOLO SANTIAGO CONTRIBUINDO COM O DESENVOLVIMENTO REGIONAL

Empresa do agronegócio contribui com o desenvolvimento
Luiz Minozzo , Sócio Proprietário da Empresa Agrosolo Santiago na região central do RS, parceiro da Voz do Campo representou a mesma em evento realizado pela Prefeitura Municipal de Santiago, onde a Agrosolo recebeu o certificado de Responsabilidade fiscal como sendo a empresa no ramo de comércio com o 3º maior faturamento em 2013.
Parabéns Minozzo e João Elias Bordinhão pela contribuição para com o desenvolvimento de Santiago e região.
                            Luiz Felipe Minozzo ao lado de sua esposa Elaine Manzoni 

A VOZ DO CAMPO EM DOM PEDRITO

Pecuária de alta qualidade em Dom Pedrito
Quando se fala em qualidade genética, o nome de Dom Pedrito é referência nacional. E não é para menos. Os principais criatórios do município estão exportando reprodutores Angus, Hereford, Braford e Brangus, para o Brasil Central. O rebanho bovino é estimado em 420 mil cabeças. É nas raças britânicas puras e cruzadas que o plantel pedritense desponta. Seus leilões de primavera figuram entre os maiores remates da pecuária brasileira. Ponto positivo para Dom Pedrito e para a pecuária gaúcha.

“Sempre estivemos à frente dos acontecimentos, buscando atender as necessidades de mercado”, enfatiza o presidente do Sindicato Rural de Dom Pedrito. O pioneirismo de Dom Pedrito está inserido na história da pecuária brasileira, foi no município que iniciou-se o uso do Teste de Capacidade de Serviço, o entore de novilhas aos 14 meses, a produção do novilho precoce, entre outras tantas técnicas, hoje de uso diário na atividade pecuária.
A bovinocultura de corte ocupa, em Dom Pedrito, uma área aproximada de 450 mil hectares, de uma área total do município de 520 mil ha, com um rendimento médio de 65 quilos por hectares.
Sábado, 25 estaremos na 81ª Farm Show em Dom Pedrito.
A Voz do Campo, todo sábado das 8 as 10 da manhã com Marcelo Brum, a maior rede de rádios do agro.