A VOZ DO CAMPO NO BEIRA RIO

A VOZ DO CAMPO NO BEIRA RIO

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

CUSTOS DE PRODUÇÃO EM DEBATE NA VOZ DO CAMPO


No próximo sábado, 20 estaremos no Sindicato Rural Tapes com produtores rurais e lideranças da região.
Na oportunidade vai falar de custos de produção o economista Antonio da Luz da Farsul.
O Brasil não tem problema de produtividade, mas os altos custos de insumos e logística fazem com que a produção brasileira perca competitividade no mercado externo, afirma o especialista.
Antônio da Luz aponta que os custos operacionais da produção agrícola brasileira são bastante superiores aos dos produtores dos Estados Unidos e da Argentina. Os vizinhos latinos possuem ainda outra vantagem: usam menos fertilizantes que nós.
– Estamos todos os anos competindo para ser o país que mais vai produzir soja, mas temos que perceber que já estamos liderando nos custos. Isso é um problema. Se vendemos um produto que tem um preço internacional, no momento em que temos um custo maior estamos perdendo competitividade para os demais – apontou o economista.
Acompanhe o Programa A Voz do Campo sábado das 8 as 10 da manhã com Marcelo Brum, a maior rede de rádios do agro.
Ouça na Internet - http://www.sorrisofm.com.br/nova/  

Marcelo Brum (à esq) comunicador da Voz do Campo e Antonio da Luz economista da Farsul 

APLICATIVO BIOTRIGO GENÉTICA

Produtividade na palma da mão do agricultor
Aplicativo está disponível nas plataformas Android e iOS e pode ser baixado gratuitamente;
Cada dia mais os produtores tem a tecnologia como sua aliada na hora de produzir e tomar as decisões mais assertivas nas propriedades rurais. Pensando nesta crescente a Biotrigo Genética, empresa de melhoramento genético de trigo de Passo Fundo (RS), lançou na última segunda-feira (15/09) o aplicativo para smartphone e tablet, Biotrigo Genética. Nele os produtores de trigo, soja e milho poderão determinar quantas sementes serão utilizadas para a população final desejada e ainda estimar uma possível produtividade de sua área, através da Calculadora TBIO.
“O app Biotrigo Genética foi desenvolvido e planejado para que o produtor tenha uma ferramenta à mão que o oriente e dê segurança ao iniciar a semeadura das principais culturas brasileiras: o trigo, a soja e o milho”, comemora Kênia Meneguzzi, supervisora de novos negócios da Biotrigo. “O desempenho de uma cultivar no campo, indiferente da cultura, é significativamente influenciado pela população estabelecida na lavoura, e com a Calculadora TBIO o agricultor conseguirá usar a semente de forma sustentável, diminuindo assim o risco de ter uma superpopulação ou ainda baixa população de plantas em determinadas áreas e consequentemente o custo de sua produção, pois não irá usar semente a mais, nem a menos”, explica Kênia.
“Para calcular a determinação de densidade da semeadura, e a estimativa de produtividade da área é preciso preencher alguns campos com dados específicos no app, o mesmo fará um cruzamento de tais informações e dará os resultados. Tudo muito prático e rápido”, elucida Lorenzo Mattioini Viecili, gerente comercial da Biotrigo.
Além das calculadoras, o app terá notícias da cadeia tritícola mundial e brasileira atualizadas diariamente, alertas de manejo do trigo em determinadas regiões, informações de mercado, calendário de dias de campo e o guia de cultivares da Biotrigo. “Uma das nossas grandes preocupações era disponibilizar uma ferramenta que funcionasse totalmente off-line, ou seja que não houvesse a necessidade de estar conectado à internet, então se o produtor estiver no campo e o 3G não estiver ativo e quiser fazer os cálculos, ele o poderá realizar”, finaliza Kênia.
Os usuários dos sistemas iOS, da Apple, e Android, do Google, poderão acessar as respectivas lojas virtuais – Apple Store e Google Play – fazer a busca por Biotrigo Genética, e baixar gratuitamente o aplicativo.
Sobre a Biotrigo
Fortalecer a cadeia tritícola brasileira e do Mercosul, apresentando resultados diferenciados em produtividade, qualidade e segurança. É com esse objetivo que a Biotrigo Genética desenvolve cultivares de trigo por meio de um programa de melhoramento genético com mais de duas décadas e consolidado no campo e no mercado. A empresa tem como característica a agilidade em seu programa, gerando um grande diferencial competitivo para quem escolhe a genética Biotrigo para formar sua lavoura.
As cultivares desenvolvidas pela Biotrigo resultam de pesquisa e investimento em tecnologia. São reconhecidas como de excelente produtividade e de um ótimo balanço entre qualidade para a indústria panificadora e características agronômicas, facilitando o manejo e oferecendo segurança ao produtor rural.
Contato com a Imprensa
Fértile Comunicação
Jornalista Verônica Vargas Muccini


quarta-feira, 17 de setembro de 2014

CUSTOS DE PRODUÇÃO

No próximo sábado, 20 estaremos no Sindicato Rural Tapes com produtores rurais e lideranças da região.
Na oportunidade vai falar de custos de produção o economista Antonio da Luz da Farsul.
O Brasil não tem problema de produtividade, mas os altos custos de insumos e logística fazem com que a produção brasileira perca competitividade no mercado externo, afirma o especialista.
Antônio da Luz aponta que os custos operacionais da produção agrícola brasileira são bastante superiores aos dos produtores dos Estados Unidos e da Argentina. Os vizinhos latinos possuem ainda outra vantagem: usam menos fertilizantes que nós.
– Estamos todos os anos competindo para ser o país que mais vai produzir soja, mas temos que perceber que já estamos liderando nos custos. Isso é um problema. Se vendemos um produto que tem um preço internacional, no momento em que temos um custo maior estamos perdendo competitividade para os demais – apontou o economista.
Acompanhe o Programa A Voz do Campo sábado das 8 as 10 da manhã com Marcelo Brum, a maior rede de rádios do agro.

 Marcelo Brum (à esq) comunicador da Voz do Campo e Antonio da Luz economista da Farsul 

terça-feira, 16 de setembro de 2014

MENSAGEM PARA O PROGRAMA A VOZ DO CAMPO


Olá Marcelo ! Hoje lembrei do ultimo programa, em especial a entrevista de Luiz Minozzo ... Como é bom que tem pessoas que tem condiçoes e capacidade de ir ao exterior, buscando valiosas informaçoes e compartilhando com quem é do AGRO . Que bom que temos a Voz do Campo para nos repassar informaçoes sempre valiosas . Abraço !

                Vilson Maron produtor rural de Ajuricaba noroeste gaúcho   

BASF E IRGA FAZEM CONVÊNIO DE COOPERAÇÃO TECNICO-CIENTIFICA

O próximo dia 18 de setembro, quinta-feira, o Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga) sediará o ato de assinatura do Convênio de cooperação técnico-cientifica entre o Irga e a BASF.
O convênio tem por finalidade desenvolver projetos e atividades voltadas para a pesquisa, desenvolvimento e inovação científica e tecnológica, difusão e transferência de tecnologias, planejamento e desenvolvimento institucional conjunto, incluindo projetos relacionados à Tecnologia Clearfield®.
A solenidade será realizada no dia 18 de setembro de 2014, às 15 horas, no auditório do Conselho Deliberativo do Irga.
Data: 18 de Setembro
Horário: 15 horas
Local: Auditório do Conselho Deliberativo do Irga. Avenida Missões, 342 – Porto Alegre/RS.
Contatos para a imprensa:
Marlise Mattos


A VOZ DO CAMPO EM TAPES NA ZONA SUL DO RS


segunda-feira, 15 de setembro de 2014